Minha lista de blogs

domingo, 30 de setembro de 2018

Humberto Costa é obrigado pela Justiça Eleitoral a colocar no Face, vídeo de Mendonça Filho com direito de resposta sobre " fake news".


A partir de hoje a página do candidato a senador, Humberto Costa (PT), no Facebook posta dois vídeos com direito de resposta do candidato a senador, Mendonça Filho (DEM), sobre “fake news” produzidas pelo petista. A Justiça Eleitoral já havia punido Humberto Costa com a retirada da postagem e, agora, determinou o direito de resposta para as duas postagens feitas pelo petista que atribuíram, de forma irresponsável, notícias inverídicas responsabilizando Mendonça pelo do incêndio no Museu Nacional, ocorrido no dia 3 de setembro deste ano, no Rio de Janeiro, a Mendonça Filho.
O procurador Adílson Paulo Prudente, da Procuradoria Regional Eleitoral do Ministério Público Federal, ratificou decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em que mostra as notícias falsas plantadas por Humberto Costa. “As postagens divulgadas no referido perfil (Humberto Costa) são falsas, pois o representante (Mendonça Filho) não foi o responsável pelo incêndio ocorrido no museu. As verbas públicas repassadas pelo Ministério da Educação são destinadas a UFRJ, tendo a autarquia incumbência de destinar os recursos necessários à manutenção do Museu Nacional, já que o museu integra sua estrutura interna. O MEC apenas possui o dever legal de efetuar o repasse das verbas, não possuindo ingerência em sua destinação”, coloca na sua decisão o procurador Adílson Paulo Prudente.
Durante a gestão de Mendonça Filho no ministério, as verbas destinadas às Universidades Federais aumentaram ao longo dos últimos anos, embora tenha ocorrido diminuição nos investimentos destinados a manutenção do Museu Nacional. Entre maio de 2016 e 2018, o total de recursos orçamentários direcionados pelo Ministério da Educação para a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), incluindo despesas com pessoal, custeio e investimento, foi da ordem de R$ 9,4 bilhões, considerando-se o empenhado em 2016 (R$ 3,01 bilhões), o empenhado em 2017 (R$ 3,18 bilhões) e a dotação atualizada da LOA de 2018 (R$ 3,18 bilhões).
Enquanto isso, em 2016 foram repassados à UFRJ R$ 423 milhões e esta repassou ao Museu Nacional cerca de 0,1% desse total, ou seja, R$ 422 mil. Já em 2017, a universidade recebeu R$ 409,3 milhões em orçamento discricionário, tendo aplicado no Museu Nacional R$ 336,2 mil, o que representa 0,08% de seus recursos recebidos. Atualmente, em 2018, a dotação orçamentária atual para despesas discricionárias da UFRJ soma R$ 388 milhões e, desse total, a instituição previu repassar para o Museu R$ 357 mil, ou seja, 0,09%.
“Além de reconhecer a irregularidade da propaganda, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral determinou a sua retirada e deu direito de resposta, onde vai ser veiculado na página de Humberto Costa um vídeo com, no mínimo, o dobro do tempo que permaneceu o vídeo postado com o fato inverídico”, confirma o advogado Paulo Fernandes Pinto, que coordena, ao lado do advogado Eduardo Porto, o jurídico do candidato Mendonça Filho.

      França de Jataúba/blogg do frança.
      Créditos: Assessoria

EMPATE TÉCNICO DE BOLSONARO 28,2% HADDAD 25,2% NO PRIMEIRO TURNO, NO SEGUNDO TURNO VENCE HADDAD POR 45% A 39%.


 Na pesquisa da CNT/MDA: Bolsonaro registra 28,2% e Haddad tem 25,2%

Em seguida, aparecem Ciro Gomes (PDT) com 9,4%, e Geraldo Alckmin (PSDB) com 7,3%. Marina Silva tem 2,6%.

Os dois estão tecnicamente empatados, uma vez que a margem de erro do levantamento é de 2,2 pontos porcentuais, para mais ou para menos.
O candidato Jair Bolsonaro, do PSL, aparece com 28,2% das intenções de voto na corrida eleitoral para a Presidência da República, segundo pesquisa CNT/MDA divulgada na madrugada deste domingo. Ele é seguido por Fernando Haddad (PT), com 25,2%. Os dois estão tecnicamente empatados, uma vez que a margem de erro do levantamento é de 2,2 pontos porcentuais, para mais ou para menos.

                              Política
Bolsonaro perde de Haddad por 45% a 39% no 2º turno, diz Datafolha.

Em seguida, aparecem Ciro Gomes (PDT) com 9,4%, e Geraldo Alckmin (PSDB) com 7,3%. Marina Silva (Rede) tem 2,6%, e Henrique Meirelles (MDB) e João Amoêdo (Novo) têm 2,0%. Alvaro Dias (Podemos) somou 1,7% das intenções. De acordo com a pesquisa, Jair Bolsonaro e Fernando Haddad são os candidatos em que eleitores se declaram como mais decididos a confirmar o voto – acima de 80% para ambos.

A última pesquisa CNT/MDA foi divulgada em 17 de setembro. Na ocasião, Bolsonaro liderava com 28% das intenções de voto e Haddad estava em segundo, com 17,6%.

O levantamento, registrado no TSE sob o número BR-03303/2018, foi feito entre 27 e 28 de setembro de 2018 e ouviu 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 Unidades da Federação. O nível de confiança é de 95%.


                          Segundo Turno

Em um possível segundo turno, a pesquisa mostrou que Haddad venceria o candidato do PSL, caso a eleição fosse hoje, por 42,7% a 37,3%. Jair Bolsonaro ainda perderia de Ciro Gomes (42,7% a 35,3%) e venceria Geraldo Alckmin (37,0% a 33,6). Fernando Haddad, por sua vez, aparece empatado tecnicamente com Ciro Gomes, e ambos venceriam Geraldo Alckmin em um eventual segundo turno.

         França de Jataúba/blogg do frança.

UM PROTESTO HISTÓRICO, MENOS NA TEVÊ


Ao reunir dezenas de milhares, #EleNão provoca maior manifestação liderada só por mulheres no Brasil mas é quase ignorado na tevê.


Manifestantes do #EleNão ocupam o Largo da Batata, no sábado à tarde, em São Paulo.
Dezenas de milhares de mulheres saíram às ruas para bradar #EleNão neste sábado, em cidades de todas as regiões do Brasil. Juntas, produziram as maiores manifestações populares desta eleição presidencial, de longe. Não se sabem números exatos porque a polícia, sintomaticamente, não contou na maioria das cidades. Mas as manifestantes ocuparam densamente amplas áreas da Cinelândia, no Rio, e do Largo da Batata, em São Paulo, para citar só duas. Em uma campanha na qual rarearam os comícios, tamanha aglomeração de gente contra um candidato é notícia. E foi: em inglês, francês, árabe. Mas o brasileiro que passou o dia na frente da tevê não ficou sabendo. A menos que tivesse um celular na mão.

O episódio sintetiza todas as principais marcas da eleição presidencial de 2018 no Brasil. Em lugar da propaganda eleitoral televisiva, quem mobilizou os eleitores contra e a favor de candidatos foram as mídias sociais, notadamente o WhatsApp. Foi uma hashtag distribuída via Twitter, Facebook e Instagram que levou as maiores multidões à rua, não foram anúncios de tevê.

Os efeitos mais profundos dessa mudança são potencialmente revolucionários, pois todo o jogo de poder dentro dos partidos políticos gira em torno da distribuição do tempo de propaganda eleitoral e das verbas públicas. Se a tevê perde influência, perdem junto os caciques partidários que controlam a distribuição de tempo de câmera entre seus correligionários. Também perdem poder de barganha partidos que só existem para negociar minutos de tevê ao formarem coligações eleitorais.

Principal propaganda desse novo jeito de fazer campanha política é o candidato que lidera as pesquisas de intenção de voto e tem menos de 10 segundos por dia de propaganda na tevê. Perca ou ganhe, Bolsonaro é o personagem do ano por ter sido o único candidato capaz de surfar até o fim a onda de conservadorismo que tomou o país como um tsunami, e numa prancha de isopor: sem propaganda de tevê, sem marqueteiro, sem partido. Mas o fez destilando tanto ódio contra tantas minorias que a reação a ele acabou provocando a maior manifestação de rua de toda a eleição.

Não é de agora o movimento de mulheres contra Bolsonaro. Desde o começo da campanha, o capitão reformado sempre teve muito mais dificuldade de vender suas ideias repressivas ao eleitorado feminino do que ao masculino. O #EleNão catalisou o sentimento contra Bolsonaro e transformou algo difuso em uma ação simultânea e concreta de dezenas de milhares de mulheres. Só não foi maior porque a cobertura da campanha eleitoral na tevê é deliberadamente omissa e limitada. Não faz reportagem, entrevista; não investiga, divulga agendas.

Se parte dessa omissão pode ser explicada pelas limitações impostas pela legislação eleitoral que tange o direito à informação dos telespectadores, nem tudo, porém, cai nessa conta. A falta de cobertura ao vivo dos atos do #EleNão e, mais grave, a ausência de contextualização e ênfase nas raras reportagens sobre a mais importante manifestação de rua da campanha eleitoral de 2018 até agora não se deve ao departamento jurídico das emissoras. O movimento não é partidário nem promove nenhuma candidatura específica. É contra um candidato, sim, mas não prega que é melhor votar neste ou naquele outro.
       
                     VEJA  VÍDEO ABAIXO.

O resultado dessa omissão e falta de contextualização é que coisas diferentes são tratadas como iguais. Uma manifestação de dezenas, no máximo centenas de pessoas em um lugar é apresentada da mesma maneira e com a mesma magnitude que dezenas de milhares de mulheres em dúzias de cidades. Na tela da tevê, o ato solitário pró-Bolsonaro em Copacabana foi equivalente à maior manifestação popular capitaneada por mulheres na história do Brasil. Felizmente, a internet provê o que a tevê omite.

       França de Jataúba/blogg do frança.

sábado, 29 de setembro de 2018

Diogo Moraes prestigia tradicional procissão de padroeiros de Santa Cruz do Capibaribe


Neste sábado (29), o deputado estadual Diogo Moraes (PSB) deu uma pausa em sua agenda de campanha eleitoral para participar da tradicional procissão do Senhor Bom Jesus dos Aflitos e de São Miguel, como faz todos os anos. Na festividade que homenageia os padroeiros de Santa Cruz do Capibaribe, estavam presentes o pároco da Matriz, Padre Kennedy Amorim, os vigários, padre Hélder Torres e Monsenhor Heleno e o bispo de Caruaru, Dom Bernardino Marchió. Após a procissão, uma missa foi realizada na Igreja Matriz, que neste ano, comemora o centenário de sua criação. No encerramento, a Paróquia inaugurou o marco do centenário, o Cruzeiro da Matriz.
De acordo com o pároco, padre Kennedy Amorim, a Paróquia do Senhor Bom Jesus dos Aflitos e de São Miguel foi criada em 1918 e neste sábado ocorreu o encerramento das festividades do centenário. “A Fé anima cada vez mais a nossa esperança. Por isso que estamos celebrando 100 anos de história da Matriz, onde foi fincada, no início de tudo, a Cruz do Senhor, que não é sinal de sofrimento, mas sim de um grande amor de um Deus pela humanidade, é a esperança. A esperança de um mundo novo, fraterno, igualitário para todos e todas é possível”, declarou o padre.
Segundo Diogo Moraes, estar presente na celebração é um costume seu e de familiares onde a devoção aos padroeiros é sempre renovada. “Estar presente no centenário dos padroeiros de Santa Cruz do Capibaribe é um momento ímpar. Neste ano, a festa de São Miguel completa 154 anos. A festa de Bom Jesus dos Aflitos já tem mais de 200 anos. Ambas se destacam pela devoção dos santa cruzenses.  Por isso, há muitos anos, acompanho a celebração religiosa e nela busco agradecer por todas as bênçãos conquistadas. Parabenizo a paróquia pela linda festa. Ao padre Kennedy e toda a equipe envolvida na organização da celebração”, afirmou Diogo Moraes.

     França de Jataúba/blogg do frança.

O candidato a presidente de extrema-direita, Jair Bolsonaro (PSC-RJ), e seus filhos empregaram, nos últimos 20 anos, uma ex-mulher do parlamenta, uma ex-cunhada e um ex-sogro em cargos públicos em seus gabinetes.

Apesar do discurso de negar a política, Bolsonaro é o típico político que suga o dinheiro público para filhos e parentes.  Todos recebendo dinheiro dos impostos pagos pela população brasileira durante 20 anos.

Ana Cristina Valle, ex de Bolsonaro e mãe de Jair Renan, o quarto filho do presidenciável; a irmã dela, Andrea (ex-cunhada de Bolsonaro), e o pai das duas, José Cândido Procópio (sogro de Bolsonaro), ocuparam as vagas a partir de 1998, ano de nascimento de Jair Renan. Ana Cristina e José Cândido não estão mais nos gabinetes da família, mas Andrea continua no do deputado estadual Flávio Bolsonaro, filho do presidenciável.



Embora esteja lotada no gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), ela não trabalha no local. Funcionários afirmaram desconhecê-la. A ex-mulher de Bolsonaro, Ana Cristina, alegou que a irmã, assim como o pai, sempre trabalhou em Resende, uma das bases eleitorais de Bolsonaro. O trabalho de assessores nas bases dos parlamentares é permitido.

Apesar dos quase 20 anos de nomeações, os casos não podem ser tecnicamente enquadrados como nepotismo. A contratação de parentes foi normatizada por uma súmula do Supremo Tribunal Federal, em 2008. Os casos da família Bolsonaro ocorreram antes disso. Andrea, pelo grau de parentesco com Flávio Bolsonaro, não se enquadra na proibição expressa na súmula do STF.

O cargo com Flávio não é o primeiro de Andrea perto do presidenciável. Sua trajetória junto à família Bolsonaro começou após o nascimento de seu sobrinho Jair Renan, em 1998. Naquele ano, Jair Bolsonaro a nomeou como assessora na Câmara.

Andrea ficou lotada ali até novembro de 2006, quando deixou o cargo. Em 2008, uma semana depois da publicação da súmula antinepotismo pelo STF, foi nomeada no gabinete do deputado estadual Flávio Bolsonaro e de lá não mais saiu. Pela folha salarial de setembro de 2017, ela recebe R$ 7,3 mil entre salário e gratificações, além de R$ 1,1 mil em auxílio escolar. O valor líquido recebido por Andrea, depois do desconto de Imposto de Renda e Previdência, foi de R$ 6,5 mil.

A entrada de Andrea no gabinete de Flávio Bolsonaro se deu no mesmo dia em que o pai dela e de Ana Cristina, José Cândido Procópio Valle, foi exonerado. Ele estava lotado no gabinete do deputado estadual desde fevereiro de 2003, quando Flávio assumiu seu primeiro mandato. Mas, segundo regra editada pelo STF sobre nepotismo, o vínculo familiar entre Procópio e Flávio Bolsonaro é um grau mais próximo que o de Andrea. O trabalho na Alerj, no entanto, não foi o primeiro do patriarca dos Valle no clã Bolsonaro. Ele já havia sido contratado em novembro de 1998 para o gabinete de Jair, então seu genro, onde ficou até abril de 2000.

Já Ana Cristina trabalhou no gabinete de Carlos Bolsonaro, o primeiro filho de Jair a entrar para a política, eleito vereador aos 17 anos, em 2000. A Câmara do Rio não informou o período em que ela atuou na casa. Embora ressalte que não se lembra do período exato trabalhado, Ana Cristina afirma ter deixado a Câmara em 2006, quando terminou a relação com Jair Bolsonaro.



Antes, Ana Cristina ocupou outros cargos no serviço público. Ela começou a trabalhar na Câmara em abril de 1992, no gabinete do deputado Mendonça Neto (PDT-AL), onde ficou até agosto do mesmo ano. Quatro meses depois, assumiu cargo na liderança do PDC, partido pelo qual Jair Bolsonaro cumpria seu primeiro mandato de deputado. Entre agosto de 1993 e maio de 1994, atuou como secretária parlamentar com o deputado Jonival Lucas (BA), que foi correligionário de Bolsonaro no PDC e migrou para o PSD.

A partir de 1995, ela passou a trabalhar no Executivo — na Casa Civil e na Integração Regional —, e só voltou à Câmara no fim de 1998, quando seu filho não tinha ainda completado um ano.

     França de Jataúba/blogg do frança.

sexta-feira, 28 de setembro de 2018

MOVIMENTO "ELE NÃO", HOJE DAS MULHERES JATAÚBENSE

        Na cidade de Jataúba-Pe neste sábado 29/09, acontecerá um movimento " ELE NÃO ", organizado pelo um grupo de mulheres sem vínculo partidário, contra o candidato  a presidente do Brasil Jair Bolsonaro ( PSL).

       Esse movimento teve início pelas mulheres do Sul e Sudeste, sendo marcado para essa data. Porém o movimento tomou outro rumo, as mulheres de todo pais se manifestaram em pró do movimento " ELE NÃO ".

      O Nordeste não poderia ficar de fora, principalmente as mulheres Jataúbense, que são guerreiras e sabem o que seus antepassados viveram e passaram neste agreste nordestino.  Hoje sabem que tem seus direitos, não aceitam serem humilhadas principalmente por políticos que pretende voltar ao passado ditador.
                          Convite

        A coordenação do movimento " ELE NÃO" em Jataúba, está convidado todos Jataúbense mulheres e homems à participarem desse movimento. Há concentração será na Praça São Sebastião, e terá início às 15:00 horas.

      É muito importante mulheres e homens que no futuro não querem perder seus direitos de ir e vim, e de serem respeitados. Participem desse movimento em respeito  a voçe mesmo. Diga " ELE NÃO" em respeito a mulher e seus direitos.

        França de Jataúba/blogg do frança.
   

Jarbas perde no TSE ação contra direito de resposta e é obrigado pelo TRE a retirar nova propaganda com fake news contra Mendonça.


O candidato a senador, Jarbas Vasconcelos, perdeu mais duas ações na Justiça Eleitoral por usar o tempo da propaganda eleitoral para propagar mentiras de que seu adversário e candidato a senador, Mendonça Filho (DEM), teria cortado recursos para a Educação e cortado vagas em programas como FIES, ProUni e Pronatec. Após ser punido pelo pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TER) por ataques a Mendonça com a perda de 104 inserções de rádio e televisão com supressão de propaganda e direito de resposta, Jarbas recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para tentar impedir que Mendonça exibisse o direito de resposta. O TSE negou a ação cautelar pelo por Jarbas e manteve a decisão do TRE que considerou irregular a propaganda jarbista utilizando montagens e trucagens, distorcendo informações inverídicas e denegrindo a imagem de Mendonça.

Irritado com o questionamento feito por Mendonça sobre a aliança com o PT, após passar sua vida pública questionando o PT, Jarbas partiu para um ataque contra Mendonça. Mesmo punido pelo TRE com retirada de propaganda, direito de resposta e supressão de propaganda, Jarbas Vasconcelos insistiu em usar a mesma fake news sobre corte de recursos para a educação e programas do MEC, reeditando um comercial. Ontem à noite a Justiça Eleitoral determinou a retirada de novo comercial fake de Jarbas, sob pena de pagamento de multa de R$ 100 mil por dia.

O desembargador do TSE, Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, ao julgar a ação cautelar, ratificou o uso de montagem e trucagem na propaganda eleitoral. “Não há dúvidas de que ao retirar-se uma frase que foi dita em uma determinada circunstância para incluí-la em um contexto totalmente diferente, distorce a realidade, atenta contra a boa-fé, macula a verdade da informação, induzindo o eleitor a uma errônea interpretação do que lhe é apresentado”, explica o desembargador, negando, assim, o pedido de cancelamento do direito de resposta.

Na decisão, a desembargadora Karina Albuquerque Aragão de Amorim observa que houve trucagem e montagem para prejudicar o candidato democrata. “Observa-se que a peça publicitária utilizando de divulgação de fatos sabidamente inverídicos, e o uso de montagem e trucagem possuiu o condão de injuriar o representante numa tentativa de imputar ao mesmo uma atuação desastrosa junto ao Ministério da Educação, além de responsabilizá-lo por um falacioso corte na educação para quem precisa. Reconheço a existência de mensagem inverídica na propaganda veiculada e o uso de montagem nos áudios com o fim de degradar o candidato José Mendonça”, afirma a desembargadora, relatora de cinco representações feitas pelo jurídico da Coligação Pernambuco Vai Mudar.

As “fakes news” da propaganda de Jarbas distorcem a verdade dos fatos. Mendonça assumiu o ministério com cortes de recursos na ordem de R$ 17 bilhões, feitos pela gestão do PT – partido que hoje está aliado a Jarbas na eleição - em 2015 e 2016. Manteve e ampliou as ofertas de vagas no Fies, ProUni e Pronatec, além de criar o MedioTec. E conseguiu resgatar R$ 4,7 bilhões, garantindo a manutenção e ampliação de todos os programas. E conseguiu resgatar R$ 4,7 bilhões, garantindo a manutenção e ampliação de todos os programas.

Mendonça também autorizou a adesão do Fundo do Financiamento Estudantil para as autarquias de educação superior, ampliando o acesso à formação superior no Brasil. No MEC, Mendonça promoveu reformas estruturais na educação como a reforma do ensino médio, a entrega da Base Nacional Comum Curricular, as políticas nacionais de escolas em tempo integral, de formação de professor e de alfabetização. Para Pernambuco foi o ministro que garantiu o maior volume de recursos para a Educação no Estado, com a liberação de mais R$ 3 bilhões em investimentos, obras, ações e programas.

     França de Jataúba/blogg do frança.

OS CANDIDATOS DIOGO MORAES E WHONEY QUEIROZ FIZERAM CAMINHADA NA FEIRA LIVRE DE JATAÚBA.


  Nesta manhã de sexta-feira 28/09 os deputados Diogo Moraes ( PSB ) e Whoney Queiroz ( PDT ), juntos o líder da oposição Fábio Mamão ( PDT )     estiveram na cidade de Jataúba .

 Participaram de uma caminhada na feira livre  da cidade,  onde todos tiveram conversando diretamente com a população, ouvindo  todas as reivindicações e também sendo agradecidos pelas barragens que foram feitas na zona rural da cidade. E sobre a obra da água do Alto Capibaribe que o deputado Diogo Moraes junto com o governador Paulo Câmara está trazendo pra Jataúba.

Os candidatos Diogo Moraes e Whoney Queiroz junto com todo grupo estiveram no mercado de carne, onde mais uma vez houve reclamações por parte dos marchantes, reivindicando um matadouro e um açougue com mais higiene para todos que frequentam o local.
O deputado e candidato Diogo Moraes agradeceu o carinho de todos e disse que, desde a sua primeira gestão como deputado junto com o governador Eduardo Campos, era e foi prioridade  trazer água pra Jataúba, e que isso tá sendo realizado com a obra da adutora do Alto Capibaribe e que esteve sempre presente com ações para o município de Jataúba e o pólo de confecções.
O candidato Whoney Queiroz ao lado de Fábio Mamão, disse que mesmo sendo  novato em Jataúba, já esta bastante empolgado com a política da cidade, mesmo sem ser votado ainda, já trouxe obras pra população, que foram as barragens e poços junto com Diogo Moraes e o governador Paulo Câmara. E com o apoio do povo ele retornará a Câmara Federal em 2019, e a população de Jataúba podem ter certeza muito mais obras virão. Completou Whoney Queiroz.
Já Mamão fez questão de frisar que os deputados Diogo Moraes e Whoney Queiroz,  serão os nomes de ações e obras para o futuro de Jataúba.
Estavam juntos os vereadores Zuza do Jacu, Naldo de Bileu, os suplentes Devaldo Policial, Wilma do Riacho do Meio, Anilton de Abel, Civan do Brejinho, Geraldo Severiano, várias lideranças política e a militância do grupo.

       França de Jataúba/blogg do frança.

Diogo Moraes participa de caminhada em apoio ao candidato Fernando Haddad e visitas na Vila Pimenta, em São Bento do Una


Na última quarta-feira (26), o deputado estadual e candidato à reeleição Diogo Moraes (PSB), esteve em São Bento do Una, no Agreste do Estado, onde realizou visitas na Vila de Pimenta e participou de uma grande caminhada em prol da campanha de Fernando Haddad (PT). Ao lado de vereadores e lideranças políticas do município, o parlamentar se juntou à uma multidão, que invadiu as ruas da cidade para declarar seu apoio a candidatura do petista e Manuela D'Ávila (PcdoB), candidatos a presidente da República e vice, respectivamente.
O parlamentar também esteve na Vila de Pimenta, um povoado de São Bento do Una, onde realizou visitas ao povo do local. Acompanhado dos vereadores André Valença, Neide, Ecinho do Queijo e Luciano, além do vice-prefeito Alexandre Batité, Diogo Moraes conversou com a população sobre as ações que já desenvolveu no estado e o trabalho que vai realizar no município. O deputado também conta com o apoio de Padre Aldo, ex-prefeito de São Bento do Una.
Durante a caminhada, Diogo Moraes também recebeu o apoio da população de São Bento do Una ao seu projeto político, que é reconhecido em toda região, por sua luta em benefício do desenvolvimento do Polo de Confecções.
Animado com a receptividade da comunidade, o deputado comentou a alegria de estar presente naquele momento. "Foi muito gratificante participar desta caminhada em prol da candidatura de Fernando Haddad, o povo foi as ruas e mostrou mais uma vez que quer ver o Brasil feliz novamente. Fiquei muito satisfeito também em receber tanto apoio e carinho do povo de São Bento do Una. Posso garantir que não vou medir esforços para trabalhar por esta cidade. Então no dia 7 de outubro, vamos votar no 40100, no 40 de Paulo Câmara e no 13 de Haddad e de Lula!", frizou o parlamentar.

                           Compromissos

Na reta final da campanha, o parlamentar cumpre uma extensa agenda de compromissos em diversas regiões do estado. Neste final de semana, Diogo Moraes realiza agendas no Sertão e no Agreste pernambucano, onde participa de caminhadas, visitas e carreatas nas cidades de Ingazeira, Sertânia, Santa Cruz do Capibaribe e Jataúba.

      França de Jataúba/blogg do frança.

Imóveis luxuosos de Bolsonaro e filhos revelam indícios de lavagem de dinheiro



Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, que teve acesso, em cartórios, ao registro de casas e apartamentos adquiridos pelo presidenciável e deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e seus três filhos, Flávio, Carlos e Eduardo – todos políticos – e descobriu que a família possui 13 imóveis com preço de mercado de, pelo menos, R$ 15 milhões.

Mais que todos os imóveis, os bens registrados pela família incluem carros de até R$ 105 mil, um jet-ski e aplicações financeiras, em total de R$ 1,7 milhão.

Entre os inúmeros imóveis adquiridos pela família nos últimos dez anos, os dois principais estão em um condomínio na Barra, à beira-mar, na Avenida Lúcio Costa – um dos locais mais valorizados do Rio. Agora veja o estranho caso do irmão de Bolsonaro, Renato, que vive uma vida simples no interior.

De acordo a Folha de S. Paulo, os documentos oficiais mostram que as casas foram adquiridas por R$ 400 mil, em 2009, e outra por R$ 500 mil, em 2012. Contudo, na época, a prefeitura avaliava o preço muito acima – algo em torno de R$ 1,06 milhão e R$ 2,2 milhões, respectivamente.

Ainda segundo o presidente do Conselho Regional dos Corretores, à Folha , o valor das casas neste condomínio não variaram tanto nos últimos oito anos. Matematicamente falando, pelo preço adquirido pelos Bolsonaro, os imóveis tiveram valorização de 450%, o que não aconteceu no mercado.

Em 1988, Jair Bolsonaro era um pobre. Ele declarava ter apenas um Fiat Panorama, uma moto e dois lotes pequenos na cidade de Resende, no interior fluminense, valendo pouco mais de R$ 10 mil, em valores atuais. Desde então, ele se ocupa apenas da política, sendo eleito sete vezes deputado federal.

Lavagem de dinheiro

Como a família comprou os dois imóveis com uma diminuição injustificada no valor, segundo os critérios do Coaf (Ministério da Fazenda) e do Conselho Federal dos Corretores de Imóveis (Cofeci), existem fortes indícios de operação suspeita de lavagem de dinheiro. Isso porque o comprador não oficializa um aumento patrimonial incompatível com seus vencimentos.

Veja mais: Bolsonaro é coautor de projeto hediondo que dificulta atendimento da mulher violentada

Jair Bolsonaro tem salário bruto de R$ 33,7 mil como deputado federal (líquido de R$ 24 mil), além do soldo de R$ R$ 5,6 mil, segundo o Exército. O valor real dos imóveis dele e os três filhos representa o triplo do que a família declara à Justiça, o que seria ilegal. À Folha, apenas Flávio e Carlos responderam os questionamentos. Carlos afirmou “que seu patrimônio é modesto e igual há vários anos”. Flávio disse “que está em viagem ao exterior e que responderá no Rio.

       França de Jataúba/blogg do frança.
      (Com informações do IG e Folha de S. Paulo)

Filho de Bolsonaro será intimado por ameaçar jornalista.



Filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) ignorou intimações para se manifestar no Supremo Tribunal Federal sobre acusação de ameaças a uma jornalista.

Denunciado pela Procuradoria-Geral da República em abril, Eduardo não constituiu advogado para o caso, o que dificultou sua intimação. Ele já havia sido convidado a se manifestar antes da denúncia, ainda em dezembro de 2017, mas não o fez.

Depois, por falha administrativa, a intimação do relator, ministro Luís Roberto Barroso, em abril, só foi publicada em 5 de setembro. O deputado, mesmo assim, ignorou.

Em novo despacho, nesta quarta (26), Barroso determinou que Eduardo Bolsonaro seja intimado pessoalmente.

O caso decorre de acusação da jornalista Patrícia Lélis (Pros), hoje candidata a deputada, que apresentou conversas pelo aplicativo Telegram em que Eduardo Bolsonaro a ofende e ameaça.

Segundo Lélis, em julho de 2017, depois de uma troca de agressões públicas, ele se dirigiu a ela em privado pelo aplicativo. “Sua otária. Quem você pensa que é? Se falar mais alguma coisa, eu acabo com sua vida”, escreveu.

           França de Jataúba/blogg do frança.
           Créditos: Magno Martins.

Silvio Costa na corrida e com chances pelo Senado.


No exercício do seu terceiro mandato como deputado federal, Silvio Costa trocou uma reeleição líquida e certa para a Câmara dos Deputados pela disputa por um mandato no Senado Federal nas eleições deste ano. Membro de uma coligação liderada por um candidato a governador que possui apenas 2% nas pesquisas, Silvio Costa demonstra que possui um expressivo resultado, pois sem companheiros de chapa competitivos, ele está a frente de Bruno Araújo e a dez pontos de Mendonça Filho que possuem uma chapa muito mais estruturada, liderada por Armando Monteiro.

Faltando menos de dez dias para a disputa pelo Senado, Silvio Costa poderá ser beneficiado pelo segundo voto de quem optar por Humberto Costa, que assumiu a liderança no Ibope para o Senado, e subir nas pesquisas com o crescimento de Fernando Haddad, uma vez que 30% ainda não sabe em quem votar tendo uma lista estimulada, e este grau de indecisão aumenta significativamente quando os entrevistados são levados a dizer em quem votam, onde 55% dos eleitores não sabem em quem votar para senador.

Se Mendonça Filho, que poderia ser o segundo voto de Jarbas Vasconcelos, decidiu atacar seu ex-aliado e ajudou a derrubar Jarbas da liderança na disputa, Silvio Costa, inteligentemente não faz críticas contundentes a Humberto porque sabe que quando mais votos o petista tiver, maiores são as chances de o eleitor optar por ele quando for dar o segundo voto.

Os números de Silvio surpreendem porque ele tem uma estrutura de campanha infinitamente menor, com menos exposição no guia eleitoral e não disputou eleição majoritária recentemente, também não conta com muitos candidatos proporcionais pedindo o voto para a sua campanha. É possível que Silvio Costa alcance um expressivo resultado nas urnas, uma vez que o eleitorado lulista em Pernambuco possui grande identificação com seu nome, e poderá descarregar votos na sua candidatura no próximo dia 7.

        França de Jataúba/blogg do frança.

Humberto passa Jarbas pela primeira vez, em pesquisa, Mendonça continua na terceira.


O senador Humberto Costa (PT), candidato à reeleição, oscilou de 31% para 32% e ficou numericamente à frente do deputado federal Jarbas Vasconcelos (MDB) na pesquisa realizada pelo Ibope, em parceria com o Jornal do Commercio e a TV Globo, divulgada nesta quinta-feira (27). Jarbas tinha 34% e agora tem 31%, uma queda dentro da margem de erro, que é de três pontos percentuais.

Mendonça Filho (DEM), em terceiro lugar, segue com 22%. Silvio Costa (Avante) é o quarto colocado e subiu de 10% para 12%. Bruno Araújo (PSDB) oscilou de 8% para 9%.

Pastor Jairinho (Rede) oscilou de 4% para 5%. Adriana Rocha (Rede) foi de 2% para 3%.

Eugênia Lima (PSOL), Hélio Cabral (PSTU) e Albanise Pires (PSOL) oscilaram de 1% para 2%. Lídia Brunes (Pros) permaneceu com 1% e Alex Lima Rola (PCO) oscilou de 0% para 1%.

Brancos e nulos para a primeira vaga caíram de 22% para 20%. Para a segunda vaga, de 34% para 29%. O percentual dos que não sabem ou não responderam subiu de 28% para 30%.

Foram entrevistados 1.512 votantes, de 66 municípios, entre os dias 24 e 26 de setembro. A margem de erro é de três pontos percentuais e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada com os números TRE 07101/2018 e TSE 06913/2018.

        França

Paulo continua na frente de Armando, 35% a 27% diferença de 8 pontos.


       


Na pesquisa que foi divulgada nesta quinta-feira (27). O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), candidato à reeleição, cresceu dois pontos percentuais e foi de 33% para 35% nas intenções de voto na pesquisa realizada pelo Ibope, em parceria com o Jornal do Commercio e a TV Globo, divulgada nesta quinta-feira (27). O segundo colocado, Armando Monteiro (PTB), também subiu dois pontos, chegando a 27% das intenções. Dessa forma, eles mantêm uma distância de oito pontos percentuais.

O crescimento foi dentro da margem de erro da pesquisa, que é de três pontos percentuais.

Os demais candidatos também variam dentro da margem de erro e têm, cada um, até 3% das intenções de voto.

Julio Lossio (Rede) oscilou de 2% para 3%. Maurício Rands (Pros) permaneceu com 2%.

Ana Patrícia Alves (PCO), Simone Fontana (PSTU) e Dani Portela (PSOL) continuam com 1%.

Brancos e nulos oscilaram de 24% para 23%. Os que não sabem ou não responderam caíram de 10% para 7%.

A pesquisa anterior foi divulgada no último dia 17.

                                2º turno

Em um eventual segundo turno, as intenções de voto em Paulo Câmara aumentaram de 41% para 43%. Enquanto isso, Armando Monteiro caiu de 37% para 34%.

Brancos e nulos oscilaram de 17% para 18%. Os que não sabem ou preferem não opinar se mantiveram em 6%.

                                  Rejeição

A rejeição a Paulo Câmara, como candidato, aumentou de 30% para 32%. O percentual de entrevistados que afirmaram que não votariam em Armando Monteiro de jeito nenhum foi de 24% para 29%.

No caso de Lossio, foi de 21% para 25%. Simone Fontana permaneceu com rejeição de 22%. Os que não votariam em Dani Portela oscilaram de 21% para 22%. A rejeição a Ana Patrícia Alves cresceu de 20% para 22%. A Maurício Rands, de 18% para 21%.

O percentual dos que não sabem ou não responderam caiu de 20% para 15%.

Foram entrevistados 1.512 votantes, de 66 municípios, entre os dias 24 e 26 de setembro. A margem de erro é de três pontos percentuais e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada com os números TRE 07101/2018 e TSE 06913/2018.

       França de Jataúba/blogg do frança.

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Filho de Bolsonaro aumenta patrimônio em 432% em 4 anos


Flávio Bolsonaro (na frente) teve aumento de 55% no patrimônio; Eduardo, de 432%.

O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, 63, está no terceiro casamento e tem cinco filhos. Três são políticos e dois deles são candidatos nas eleições de outubro: Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), 37, candidato a senador pelo Rio de Janeiro, e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), 34, candidato à reeleição.

Os três políticos da família tiveram uma evolução patrimonial elevada nos últimos anos, de acordo com a declaração de bens apresentada ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Jair Bolsonaro ampliou os bens em 168% desde 2006; Eduardo, 432% desde 2014, e Flávio, 55% desde 2010. Os integrantes da família ampliaram o patrimônio basicamente com a aquisição de imóveis: casas e apartamentos. A reportagem do UOL entrou em contato com os políticos e também com o PSL, mas não obteve retorno até a publicação.

Eleito pela primeira vez deputado em 2014, Eduardo Bolsonaro declarou à Justiça Eleitoral, naquele ano, patrimônio de R$ 205 mil, o equivalente a R$ 262 mil hoje (em valores corrigidos pelo IPCA, índice oficial de inflação). Neste ano, o candidato declarou possuir bens que totalizam R$ 1,395 milhão, expansão de 432% no período.

Declaração de Eduardo Bolsonaro ao TSE
Há quatro anos, Eduardo Bolsonaro declarou ser dono de apenas dois bens: um apartamento (R$ 160 mil) e um veículo (R$ 45 mil). Agora, o patrimônio do parlamentar ainda inclui depósitos bancários, aplicações financeiras e um apartamento de R$ 1 milhão.

Já o deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), quando eleito pela primeira vez em 2010 para a cadeira que ocupa na Assembleia Legislativa fluminense, apresentou à Justiça Eleitoral um patrimônio de R$ 690,978 mil, o equivalente a R$ 1,124 milhão em valores de hoje. Este ano, o candidato ao Senado apresentou patrimônio de R$ 1,742 milhão, um montante 55% maior.


O patrimônio declarado à Justiça Eleitoral do candidato a presidente pelo PSL aumentou 168% desde 2006, quando reelegeu-se deputado federal pelo Rio de Janeiro, de acordo com os dados disponibilizados pelo TSE.  O patrimônio de Jair Bolsonaro (PSL-RJ) pulou de R$ 433 mil, o equivalente a R$ 851 mil hoje, para R$ 2,286 milhões. Os bens do deputado apresentados este ano à Justiça incluem cinco casas no valor de R$ 1,384 milhão. Em 2006, Jair Bolsonaro apresentou somente um sala no valor de R$ 73 mil.

Reprodução/TSE

Declaração de Flávio Bolsonaro ao TSE
No entanto, na comparação com 2014, o valor apresentado caiu. À época, ele afirmou ter R$ 2,6 milhões (em valores corrigidos pela inflação). Ou seja, o patrimônio do candidato caiu cerca de R$ 300 mil.

Em janeiro deste ano, a Folha de S.Paulo revelou que os três Bolsonaros com mandatos de deputado são donos de 13 casas e apartamentos em áreas nobres do Rio de Janeiro, avaliados em pelo menos R$ 15 milhões, que registram preço de aquisição abaixo do valores praticados no mercado imobiliário do Rio de Janeiro.

De acordo com dados do TSE, Bolsonaro é o sétimo presidenciável com maior patrimônio.

     França de Jataúba/blogg do frança.

Jarbas é punido pelo TRE por ataques a Mendonça.


O candidato a senador, Jarbas Vasconcelos (PMDB), foi punido, ontem (26/09), pelo pleno do Tribunal Regional Eleitoral com a perda de 48 comerciais e 56 inserções de direito de resposta para o adversário e candidato a senador, Mendonça Filho (DEM), por ataques, uso de trucagem e mentiras sobre cortes de programas como Fies, ProUni e Pronatec feitos no Ministério da Educação (MEC).
Na decisão, a desembargadora Karina Albuquerque Aragão de Amorim observa que houve trucagem e montagem para prejudicar o candidato democrata. “Observa-se que a peça publicitária utilizando de divulgação de fatos sabidamente inverídicos, e o uso de montagem e trucagem possuiu o condão de injuriar o representante numa tentativa de imputar ao mesmo uma atuação desastrosa junto ao Ministério da Educação, além de responsabilizá-lo por um falacioso corte na educação para quem precisa. Reconheço a existência de mensagem inverídica na propaganda veiculada e o uso de montagem nos áudios com o fim de degradar o candidato José Mendonça”, afirma a desembargadora, relatora de cinco representações feitas pelo jurídico da Coligação Pernambuco Vai Mudar.
A punição a Jarbas foi decidida pelo pleno do TRE que julgou as cinco representações referentes aos ataques feitos por Jarbas a Mendonça. O candidato do MDB já havia sido punido pela Justiça Eleitoral com retirada do comercial do ar.
O jurídico de Mendonca Filho comprovou à Justiça que  as informações contidas nos  comerciais de Jarbas  eram “fake news”, porque Mendonça manteve e ampliou a oferta de vagas no Fies, no Pronatec, lançando o MedioTec, além de o ProUni ter tido o maior número de vagas desde sua criação.  Mendonça Filho assumiu o MEC com corte de recursos na ordem de R$ 17 bilhões feitos pela gestão do PT em 2015 e 2016. E conseguiu resgatar R$ 4,7 bilhões, garantindo a manutenção e ampliação de todos os programas.
Mendonça encontrou o Fies com um rombo de R$ 32 bilhões e lançou um novo modelo com gestão mais transparente, ampliando vagas e promovendo financiamento a juros zero. O democrata também autorizou a adesão do Fundo do Financiamento Estudantil para as autarquias de educação superior, ampliando o acesso à formação superior no Brasil.
No MEC, Mendonça promoveu reformas estruturais na educação como a reforma do ensino médio, a entrega da Base Nacional Comum Curricular, as políticas nacional de escolas em tempo integral, de formação de professor e de alfabetização. Para Pernambuco foi o ministro que garantiu o maior volume de recursos para a Educação no Estado, com a liberação de mais R$ 3 bilhões em investimentos, obras, ações e programas.
“O Tribunal, ao julgar as cinco representações contra Jarbas, reconheceu as irregularidades de sua propaganda eleitoral, com informações sabidamente inverídicas, ao afirmar que Mendonça teria cortado verba quando ministro da Educação. Com isso, Jarbas perdeu o dobro do tempo das inserções utilizadas anteriormente, mostrando que ele ultrapassou os limites do debate político e atingiu a honra de Mendonça”, comenta o advogado Paulo Fernandes Pinto, que ao lado do advogado Eduardo Porto coordena o jurídico do candidato democrata.

       França de Jataúba/blogg do frança.

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

AÇÕES EM JATAÚBA, ATRAVÉS DA DEFENSORIA PÚBLICA.


        Nesta quinta-feira ( 27/09 ) na cidade de Jataúba-Pe, haverá uma ação pra comunidade com serviços judiciários.

         Nesta primeira etapa as pessoas só poderão tirar 2* via de certidão de nascimento, certidão de casamento, alvará judicial, certidão de divórcio, pensão alimentícia e outras ações judiciais

      Qualquer dúvida procurem Gabriel Marquês Tel 981593005 , que junto com a Defensoria Pública do Estado de Pernambuco, está a frente dessas ações que será realizada em Jataúba. Segundo o mesmo está sendo providenciado para a próxima semana, ainda não confirmada pela Secretaria de Ação Social do Governo de Pernambuco,  será uma ação para que as pessoas possam tirar carteiras de identidade. Caso confirme será no dia ( 04/10 ), que será também em uma quinta-feira.

      A ação dessa quinta-feira será realizada ao lado do Fórum da cidade de Jataúba, terá início às 09:00 horas até às 12:00.

        França de Jataúba/blogg do frança.

Assalto a avião de transporte de valores: seis mortos em Salgueiro


Criminosos tentavam roubar a aeronave quando foram surpreendidos pelos policiais. Houve troca de tiros e seis integrantes da quadrilha morreram.

Integrantes de quadrilha foram mortos no momento em que bandidos abordavam avião que abasteceria carros-fortes.
Seis homens foram mortos durante uma tentativa de assalto ao avião de transportes de valores no aeroporto de Salgueiro, no Sertão de Pernambuco, a 513 km do Recife. Os criminosos tentavam roubar a aeronave quando foram surpreendidos pelos policiais. Houve troca de tiros e cinco integrantes da quadrilha morreram. Outros membros do grupo conseguiram fugir em uma caminhonete. O piloto do avião ficou ferido no tiroteio. Os bandidos estavam em um veículo modelo Toyota Hilux, que ficou com várias marcas de tiros.

A ação da polícia foi uma operação conjunta, coordenada pela Policia Federal – DPF de Juazeiro, Policiais Federais COT e GPi, da CIPE Caatinga PMBA, 8°BPM Salgueiro PE, 2° BIESP PMPE, CIOSAC e Agentes do Núcleo de Inteligência do Sertão-3/PMPE.

O objetivo era desarticular a quadrilha, que seria responsável por crimes na cidade de Bom Jesus da Lapa, na Bahia, (onde dois policias militares foram executados). Eles também atuaram na investida que teve como alvo a agência do Banco do Brasil em Jacobina-BA, ao carro forte atrás do Hospital Geral e Urgências em Petrolina, e ao ataque a quatro carros fortes entre Remanso e Juazeiro no Norte da Bahia.
A operação também apreendeu seis fuzis AK 47, um fuzil FAL 762 e uma metralhadora calibre .50. A metralhadora é capaz de furar a blindagem de carro-forte e aeronaves e mede 1,68 metro e pesa 38 quilos. Ela dispara de 400 a 600 tiros por minuto, tendo uma precisão que alcança 1,5 quilômetro (km).  O grupo estava sendo investigado há três anos.

     França de Jataúba/blogg do frança.

Quero ser senador para trabalhar por Pernambuco e não para ter uma aposentadoria para me proteger de processo na lava jato, afirmou Mendonça Filho em evento no Recife.


No "Bate Papo com Mendonça", evento que reuniu mais de duas mil pessoas, entre formadores de opinião e lideranças políticas, nesta terça-feira à noite, no Recife, o candidato a senador, Mendonça Filho (DEM), foi ovacionado ao afirmar que não quer o mandato de senador para ter uma aposentadoria ou para se livrar de processo da lava jato. "Eu quero um mandato de senador para servir a Pernambuco com projetos e propostas que façam diferença na vida das pessoas como sempre fiz ao longo de 32 anos de vida pública", afirmou ao lado dos candidatos a governador, Armando Monteiro (PTB) e a vice, Fred Ferreira.
Mendonça destacou que uma de suas principais características é a firmeza de posição. "No dia em que tiver que negar minha história, a razão da minha existência política, em busca de um mandato eletivo, pode dizer que enlouqueci", disse. O Bate-Papo contou com o testemunho de diversas pessoas beneficiadas por políticas públicas realizadas por Mendonça como governador e como ministro.
O estudante do ensino Médio, Breno Bezerra, de 17 anos, aproveitou o microfone para declarar o voto a Mendonça. “Vou votar pela primeira vez este ano e meu voto será em Mendonça com todo orgulho. Tive a experiência de estudar numa escola em tempo integral quando ele era ministro, ouvi falarem coisas horríveis sobre ele, mentiras eram propagadas, eu sempre combati. Mendonça se manteve firme, fez a reforma do ensino médio, que eu apoio, e garantiu avanços na educação", disse.

O professor da Universidade Federal de Pernambuco e cirurgião vascular, André Valença, afirmou que Mendonça conseguiu viabilizar muitas coisas em tão pouco tempo no MEC. "A inauguração da Escola de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco é um exemplo concreto. A gente vivia migrando de prédio e prédio e hoje nós temos a escola de Medicina, que está lá pronto e funcionando”, contou André.

O historiador, Waldomiro Gomes, destacou a atuação de Mendonça para preservação do PIBID, programa que oferece bolsas de iniciação à docência aos alunos de licenciatura, ameaçado de extinção no governo do PT. "O fórum PIBID procurou Mendonça e ele se comprometeu em manter. Não apenas manteve como aperfeiçoou a formação de professor com a criação da residência pedagógica" afirmou.  “Gostaria também de falar de um ato que o senhor fez e que nenhum ministro teve coragem de fazer, que é dar o direito da pessoa ser reconhecida de acordo com sua identidade. Naquele dia, quando você assinou o documento que autorizava o nome social, você mostrou que educação não se faz com discursos vazios. Mendonça é meu herói”, declarou.
Mendonça aproveitou para reafirmar que está sendo vítima de uma campanha difamatória pesada, que faz terrorismo com a população propagando mentiras sobre corte em programas sociais na Educação.  Na verdade, Mendonça aumentou o número de vagas no Pronatec, criou o Mediotec, aumentou as vagas no Fies e o ProUni teve o maior número de vagas da história. "Mesmo sendo punidos pela Justiça Eleitoral por prática de fake news e trucagem, meus adversários insistem na mentira. "“ Alguns se incomodam porque a verdade é dita. Mas nós vamos enfrentar os nossos adversários colocando sempre a verdade em primeiro lugar", ressaltou.

     França de Jataúba/blogg do frança.
     Créditos: Assessoria
     Fotos: Bruno Campos

Fábio Mamão junto com Diogo Moraes marcam presença em encontro com a Frente Popular, em apoio a Paulo Câmara


Na noite desta segunda-feira (24), o deputado estadual e candidato à reeleição, Diogo Moraes (PSB), esteve na capital pernambucana para participar do Grande Encontro da Frente Popular. O evento aconteceu na casa de recepções Rose Beltrão, no Recife, e reuniu cerca de três mil lideranças de todo o estado. O encontro contou com a presença de prefeitos, vice-prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, lideranças municipais, deputados federais e estaduais, que se reuniram com o objetivo de reafirmar o compromisso com o projeto do governador Paulo Câmara (PSB), além de fortalecer a campanha nesse reta final.
O deputado estadual Diogo Moraes destacou a importância do encontro nessa reta final da campanha. “Esse encontro foi de grande importância para a Frente Popular de Pernambuco. Reunimos políticos e lideranças de todas as regiões do estado, com o objetivo de fortalecer cada vez mais o projeto político do nosso governador Paulo Câmara, que vem desenvolvendo um excelente trabalho no estado, levando desenvolvimento para todas as regiões. Fiquei muito feliz em ver tantas lideranças reafirmando seu apoio ao projeto do governador. Nessa reta final, é muito importante que todo mundo pegue no serviço, para elegermos Paulo Câmara Governador de Pernambuco e Humberto Costa e Jarbas Vasconcelos para o Senado Federal”, frisou o parlamentar.

Muito confiante com a vitória no dia 7 de outubro, Paulo Câmara destacou o crescimento do estado durante os 4 anos do seu governo. Ressaltou também, que não vai medir esforços para que Pernambuco continue na frente, sendo referência em todo o país com a melhor educação do Brasil. Além disso, o governador pediu o empenho e a luta de todos nessa reta final. “Vocês sabem que têm um governador preparado e determinado a fazer um Pernambuco melhor, que chegue a todos e que vai chegar pelas mãos de vocês, com nossas parcerias, com nosso trabalho, com a ajuda de vocês e com a ajuda do nosso povo. Sem descansar! Até o dia 07 vamos em frente, vamos pegar no serviço, vamos ganhar”, pontuou.


     França de Jataúba/blogg do frança.
     Ana Luiza Melo
    Assessora de Imprensa - Deputado Diogo Moraes

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Pesquisa pra Senador mostra um quadro indefinido


Os candidatos ao Senado oscilaram, todos, dentro da margem de erro de 3,5 pontos percentuais e a corrida segue “embolada”, segundo a última pesquisa de intenções de voto realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) em parceria com a Folha de Pernambuco. Jarbas Vasconcelos (MDB) lidera a corrida com 37%, seguido do senador Humberto Costa (PT), com 30%, e Mendonça Filho (DEM), 24%.

Os deputados federais Silvio Costa (Avante) e Bruno Araújo (PSDB) aparecem empatados na quarta posição, com 10% cada um. Enquanto Silvio manteve seu desempenho, o postulante tucano oscilou dois pontos positivamente. O candidato Pastor Jairinho (Rede) apresentou 4% das intenções de voto, mantendo seu desempenho anterior.

Os candidatos Albanise (Psol), Adriana Rocha (Rede), Helio Cabral (PSTU) e Lidia Brunes (Pros) apresentaram 1% das intenções de voto, cada um. Já Eugênia (Psol) e Alex Lima Rola (PCO) não pontuaram no atual levantamento. A quantidade de votos Brancos e Nulos, para o primeiro voto, é de 23% e, para o segundo voto, de 30%. Os indecisos representam 27% do eleitorado.

Usando uma metodologia face a face, o Ipespe ouviu 800 pessoas abordando critérios de sexo, idade, localidade, renda familiar, instrução e condição do município. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o índice de confiança é de 95%, o que significa que a pesquisa tem uma probabilidade de 95% de representar a realidade. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo PE-04472/2018.

       França de Jataúba/blogg do frança.

Pesquisa confirma Paulo Câmara na frente de Armando com 10 pontos


O governador Paulo Câmara (PSB) permanece na liderança das intenções de voto para o Governo do Estado, na terceira pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) em parceria com a Folha de Pernambuco. No levantamento feito entre os dias 22 e 23 desse mês, Paulo aparece com 36%, enquanto o segundo colocado, Armando Monteiro Neto (PTB), tem 26% das menções. Ambos oscilaram apenas um ponto percentual e mantiveram uma diferença de 10 pontos.

O ex-deputado federal Maurício Rands (Pros) e o ex-prefeito de Petrolina Julio Lossio aparecem empatados, com 2% cada. As candidatas Dani Portela (Psol), Simone Fontana (PSTU) e Ana Patrícia Alves (PCO) também apareceram empatadas, pontuando, cada uma, 1% das intenções de voto. Os votos nulos e brancos representam 22% dos entrevistados e os indecisos figuram em 9%. Em relação à última pesquisa, esses postulantes não tiveram variação do percentual de menções.

Usando uma metodologia face a face, o Ipespe ouviu 800 pessoas abordando critérios de sexo, idade, localidade, renda familiar, instrução e condição do município. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o índice de confiança é de 95%, o que significa que a pesquisa tem uma probabilidade de 95% de representar a realidade. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo PE-04472/2018.

    França de Jataúba/blogg do frança.

Carreta de Mendonça, foi a maior da história política de Belo Jardim



Mais de 600 veículos ganharam as ruas de Belo Jardim, no Agreste Central de Pernambuco, neste domingo (23), na Carreata da Mudança, com a presença do candidato ao Senado, Mendonça Filho. “Vitória certa. Hoje, Belo Jardim deu uma grande demonstração que já fez a sua escolha política. Vamos juntos trabalhar para comemorar uma grande vitória no dia 7 de outubro, a vitória do povo de Pernambuco”, afirmou.
A carreata contou com a presença também da candidata à deputada estadual, Andréa Mendonça, do candidato a deputado federal, Vinícius Mendonça, dos vereadores do grupo e lideranças em nome da candidatura de Armando Monteiro, para governador, Mendonça Filho e Bruno Araújo, ambos para senador.

O trajeto do evento político partiu da avenida Senador Paulo Guerra, na Cohab 1, seguiu pelas principais vias e bairros da cidade e encerrou na avenida Deputado José Mendonça, em frente ao Comitê 25. Durante todo o percurso, moradores, comerciantes e transeuntes acenavam com gestos de carinho e apoio a Mendonça, Andréa e Vinícius, que, com muita satisfação, participaram do início ao fim da carreata.

A carreata foi reforçada ainda pelo grupo de cegonheiros de Caruaru, que declarou apoio ao grupo, juntando 20 carretas ao evento.

   França de Jataúba/blogg do frança.
   Créditos:Assessoria

POLÍTICOS DE JATAÚBA SE CALAM, O QUE REALMENTE ACONTECEU.


O mês de setembro tem sido bastante agitado na política Jataúbense. Das três alas políticas da cidade, duas comandadas por experientes políticos na vida pública, e uma por um novato que pretende fazer história na política de Jataúba.

A calma aparente dos  "lideres políticos" denominados da primeira e segunda-via, perante o que tem acontecido no últimos meses, é  bastante intrigante para todos que acompanham a politica do município de Jataúba.

Pessoas públicas tem feito declarações, e citado os nomes  dos senhores líderes políticos Antônio de Roque (MDB) e Fábio Mamão (PDT), sobre assuntos duvidosos e até certo ponto comprometedores, sendo que até o momento não houve resposta dos mesmos.

Meses atrás o prefeito Antônio de Roque (MDB), foi desafiado à responder sobre denúncias feitas contra o mesmo, não houve resposta diretamente ao interlocutor do desafio, porém em uma conversa em particular com o prefeito Antônio de Roque, no dia ( 07 ) de outubro teria a resposta.

Já no dia 16 setembro o ex-vereador e vice-prefeito Zezito Basílio, em uma declaração feita no programa de rádio semanal " Avante Amigos", do grupo político da terceira via comandado pelo empresário Boy o " Val". Zito Basílio como é conhecido em todo município de Jataúba,  em suas declarações  por várias vezes citou o nome  do líder político Fábio Mamão, passado-se mais de oito dias do ocorrido, não houve resposta ném entrevista de Fábio Mamão relatando o que realmente aconteceu.

O que será quê esses líderes políticos estão articulando, o prefeito fazendo suas festas tímidas, mais começando a botar suas mangas de fora financeiramente. Fábio Mamão também tem feito eventos nos povoados e sítios com poucos recursos,  segundo palavras do líder da oposição.

Tem feito diferente o líder Boy, sua  estratégica está sendo ir conversar diretamente com o eleitor da cidade e dos sítios, segundo informações tem tido bons resultados. Isso tem chamado a atenção dos opositores do Boy.

Uma pergunta que ninguém responde. Qual das três alas políticas, que irá fazer o primeiro comício, em outras eleições passadas já havia tido vários comícios. Será a crise ou o medo de passar vexame.


             França de Jataúba/blogg do frança.

Haddad garante o segundo turno



O Ibope divulgou nesta segunda-feira (24) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 2.506 eleitores entre sábado (22) e domingo (23).
O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

              Os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 28%
Fernando Haddad (PT): 22%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
Marina Silva (Rede): 5%
João Amoêdo (Novo): 3%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Cabo Daciolo (Patriota): 0%
Vera Lúcia (PSTU): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 12%
Não sabe/não respondeu: 6%.

       
        França de Jataúba/blogg do frança

Diogo Moraes, Paulo Câmara e João Campos mostram força em mega carreata em Santa Cruz do Capibaribe


Neste domingo (23), Santa Cruz do Capibaribe recebeu uma das maiores carreatas da história política do município, que contou com a participação do deputado estadual Diogo Moraes (PSB), do governador Paulo Câmara (PSB), da candidata a vice, Luciana Santos (PCdoB), do candidato a deputado federal, João Campos (PSB), do ex-candidato a prefeito Fernando Aragão (PTB), além de vereadores e lideranças da região. O grupo percorreu cerca de 7km entre ruas e avenidas da cidade ao longo de três horas, acompanhados por uma multidão de pessoas, andando, em veículos, cavalos e motos, passando pelos bairros de Polis Pacas, Cohab, Bela Vista, São Miguel, Cruz Alta, Santa Tereza, Rio Verde, São Cristóvão e Nova Santa Cruz.
No percurso, moradores assistiam e cumprimentavam os candidatos de suas portas, muros e calçadas. Em seu discurso, o deputado Diogo Moraes agradeceu à Deus pela linda carreata, além dos amigos, familiares e toda população presente. “Encerramos essa carreata com a demonstração de carinho e reconhecimento da população de Santa Cruz do Capibaribe. Uma verdadeira multidão nos acompanhou. Agradeço a presença do governador Paulo Câmara, da vice Luciana, do meu amigo João Campos, a todos vereadores presentes e todas lideranças políticas da região que nos apoiam. Essa presença mostra que vocês confiam no nosso trabalho”, destacou Diogo Moraes.

Em seguida, o candidato a deputado federal, João Campos, falou sobre a parceria que está firmada em prol de Santa Cruz do Capibaribe. “Estamos ao lado do povo e é assim que vamos fazer. Santa Cruz do Capibaribe e o Polo de Confecções vai dar uma voz, dizendo que quer reeleger o deputado que é o grande representante dessa terra, meu amigo Diogo Moraes”, pontuou João. Em seguida, o jovem socialista reforço a importância da informação sobre as ações desenvolvidas pelo Governo Estadual na região. “O governador fez e está fazendo uma obra de água e saneamento em Santa Cruz do Capibaribe de R$ 100 milhões de reais. Percentualmente, nenhum outro município está recebendo uma obra como essa. Santa Cruz tem a única PE duplicada durante os 4 anos de gestão, a PE 160. O governador fez os ajustes tributários para beneficiar a região. Por tudo isso, nós vamos reeleger nosso governador”,  afirmou João.

França de Jataúba/blogg do frança.

domingo, 23 de setembro de 2018




Uma multidão foi às ruas neste sábado (22/09), em Garanhuns, Agreste do Estado, na Caminhada da Mudança realizada por Izaías Régis, prefeito da cidade. O candidato ao Senado pela coligação Pernambuco Vai Mudar, Mendonça Filho, acompanhou todo percurso recebendo o carinho dos moradores e comerciantes. “Um evento maravilhoso, com a população participativa e confiante no nosso trabalho. Isso é um estímulo, um gás para continuar avançando”, destacou o ex-ministro da Educação.

A comerciante Rosimeire Silva disse que vota em Mendonça por ele ser ficha limpa. “Eu só voto em quem tem nome limpo, quem pode pegar na mão do povo de cabeça erguida e Mendonça Filho pode fazer isso”, declarou.

Em seu discurso, Mendonça lembrou que quando ministro da Educação garantiu grandes obras para a cidade. “Pude viabilizar a ampliação da UFRPE, a nova Universidade Federal do Agreste que vai mudar a realidade desta região. Além disso, trabalhei sem discriminar nenhum prefeito, pela educação dos municípios desta região”, declarou Mendonça.

Além da Universidade do Agreste autorizada quando ministro, Mendonça garantiu para Garanhuns a liberação para a construção de cinco creches, aquisição de dois ônibus escolares, construção da biblioteca do IFPE-Garanhuns e a implantação do sistema adutor na Universidade Federal Rural de Pernambuco - Campus Garanhuns.

        França de Jataúba/blogg do frança.

sábado, 22 de setembro de 2018

PAULO CÂMARA AO LADO DO HADDAD



Sem a presença do deputado federal e candidato ao Senado Jarbas Vasconcelos (MDB) no ato deste sábado (22), no Centro do Recife, o governador Paulo Câmara (PSB) pediu votos para toda a chapa majoritária com exceção do emedebista. Ao lado do candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, do senador Humberto Costa (PT) e da deputada federal Luciana Santos (PCdoB), o socialista não citou sequer Jarbas em seu discurso, que começou com vaias e gritos de “golpista” vindos da militância petista.

Em sua fala, o governador voltou a criticar o seu principal adversário, o senador Armando Monteiro Neto (PTB), ao afirmar que o petebista e seus aliados “querem fazer aqui em Pernambuco o mesmo mal que fizeram ao Brasil”. “A gente vai eleger Fernando Hadadd, eleger Humberto Costa senador e a gente vai ter a honra de governar Pernambuco por mais quatro anos. Eu e Luciana Santos. Luciana Santos e eu”, afirmou Paulo Câmara.

Ao se dirigir a Fernando Haddad, Paulo prometeu que “não vai faltar empenho” para pedir votos por todo o Estado para o presidenciável, para Humberto e para ele mesmo. “Juntos vamos fazer aquilo que o (ex-) presidente Lula quer: é Fernando Haddad presidente e Paulo governador.

Já Jarbas Vasconcelos, que defende o voto no ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), esteve pela manhã deste sábado em reuniões com grupo políticos em Abreu e Lima e Olinda e durante a tarde gravou para o guia eleitoral. A assessoria de imprensa do deputado disse que ele não iria responder sobre o fato de Paulo não ter pedido votos para ele.

       França de Jataúba/blogg do frança.

Diogo cita parcerias com Paulo Câmara em Santa Cruz



Diogo Moraes destaca ações feitas em parceria com Paulo Câmara em caminhada no bairro de São Jorge, em Santa Cruz do Capibaribe.

Nesta sexta-feira (21), o deputado estadual Diogo Moraes (PSB), candidato à reeleição, participou de uma caminhada em Santa Cruz do Capibaribe, no bairro de São Jorge, ao lado dos vereadores Ernesto Maia, Marlos da Cohab, Deomedes, Júnior Gomes, Ronaldo Pacas, Carlinhos da Cohab, Joab do Orcarzão e Toinho do Pará, além da liderança política da região, o ex-prefeito Fernando Aragão. Mais cedo, o parlamentar participou ainda de uma sabatina na Rádio Sertânia FM, em Sertânia, no Moxotó, onde destacou o seu compromisso em criar um Distrito Industrial na cidade sertaneja, nos moldes do Polo de Confecções do Agreste.  Com essas agendas, Diogo Moraes tem cumprido sua meta de estar presente em todas as suas bases eleitorais semanalmente. 

Em sua fala, Diogo Moraes fez questão de agradecer a todos que participaram da caminhada, destacando o trabalho da militância. Diogo também agradeceu pela presença dos vereadores aliados no município e ainda citou a presença do seu pai, o ex-deputado estadual Oseas Moraes. “Quero dizer que nosso trabalho com esse grupo que aqui está, através do governador Paulo Câmara, conquistou o Expresso da Moda, a escola técnica,  o esgotamento sanitário, a Central de Feiras, as ruas pavimentadas de São Jorge, que foram feitas pelo FEM, a duplicação da BR 104, da PE 160. Não quero falar mal de ninguém, mas o que os outros fizeram pelo município? Foi tudo Paulo câmara. Que é um homem decente. Um homem que tem formação de funcionário público. Está onde está por sua carreira pública. Colocou o Estado de pé. Não atrasou salário. Diferente de vários estados que estão quebrados nesse país”, afirmou o deputado.

   França de Jataúba/blogg do frança.

EM JATAÚBA, 01 CURA E 04 NOVOS CASOS DA COVID-19 NAS ÚLTIMAS 24 HORAS.

07 casos suspeitos foram descartados. A Secretaria Municipal de Saúde, informa nesta sexta-feira (03-07), que nas últimas 24 horas, foram co...