Minha lista de blogs

quinta-feira, 8 de abril de 2021

Após invadir estúdio de rádio, homem responderá por ameaça a radialista que criticou Bolsonaro

 De  acordo com o delegado Ênio Maia, responsável pelo caso, o suspeito deverá assinar termo de compromisso para se apresentar no Judiciário.

Após ter seu programa invadido e ser ameaçado por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na última terça-feira (6), o radialista Júnior Albuquerque realizou boletim de ocorrência na Delegacia de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco, e aguarda que o suspeito da ação responda criminalmente. Além disso, o comunicador informou que irá registrar denúncia no Ministério Público de Pernambuco nesta sexta-feira (9), às 9h.

De acordo com o delegado Ênio Maia, responsável pelo caso, o suspeito deverá assinar termo de compromisso para se apresentar no Judiciário, onde responderá pelo crime de ameaça. Neste caso, se condenado, a pena máxima é de seis meses de reclusão.

"Em razão da pena ser inferior a dois anos de prisão, o procedimento é simplificado, o boletim de ocorrência foi registrado e foi aberto procedimento criminal o qual vai ser confeccionado um termo circunstanciado de ocorrência, em que o acusado vai assinar um termo de compromisso de comparecer ao Judiciário para responder o procedimento", explicou.

Chegando ao Judiciário, o suspeito passará por audiência, na qual o promotor vai propor uma transação penal, e caso ele não cumpra, será denunciado. "Uma transação penal é um acordo feito entre o acusado e o Ministério Público para que ele cumpra uma prestação pecuniária, serviço à comunidade ou algum outro serviço. Caso ele não queira cumprir essa transação, será denunciado", completou o delegado. 

Relembre o caso

O radialista Júnior Albuquerque teve seu programa invadido e foi ameaçado por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. Em entrevista à Rádio Jornal, nesta quarta-feira (7), o comunicador relatou o ocorrido e disse que nunca havia passado por uma situação parecida, destacando que "a época da ditadura já passou".

"Nunca tinha acontecido. A gente já faz rádio há cerca de 10 anos. Nesse programa eu já estou há cerca de três anos (...) Nunca tinha passado por um constrangimento desse tamanho, e nunca achava que iria passar. Até porque a gente vive numa democracia plena, a época da ditadura já passou", afirmou.

Segundo o apresentador, ele deixa o espaço aberto para que as pessoas possam expor opiniões contrárias às suas. "Como lá é um programa opinativo, eu sempre digo: essa é a minha opinião. Quem tiver uma opinião contrária, eu respeito. Democracia é isso. Democracia é para a gente debater ideias", afirmou. "Esse pessoal parece que o único entendimento que tem é o da violência", completou o radialista.

Ao final do programa, ele e o dono da rádio seguiram até a delegacia do município e registraram um Boletim de Ocorrência. De acordo com radialista, ainda esta semana, ele irá procurar o Ministério Público da cidade.

Júnior contou também que já conhecia dois dos agressores de vista, pois eles costumam fazer críticas durante as transmissões ao vivo do programa. "A gente nunca pensou que eles teriam tal atitude, de invadir um local de trabalho, uma emissora de rádio, um veículo de comunicação, para tentar intimidar e agredir”, disse.

A Associação de Empresas de Rádio e Televisão de Pernambuco (Asserpe) e o Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Pernambuco (Sinjope) repudiaram a agressão.

Leia a nota da Asserpe

A Asserpe condena o episódio de invasão de um estúdio de rádio na cidade de Santa Cruz do Capibaribe, ocorrido nesta terça (6).

A Rádio Comunidade tinha programa apresentado pelo radialista Júnior Albuquerque. Segundo relatos, ele cobrava maior atuação do Governo Federal na pandemia e foi surpreendido por militantes políticos do presidente Jair Bolsonaro que invadiram os estúdios, o intimidaram e o ameaçaram.

O fato de tratar-se de emissora comunitária não associada não muda a posição de nossa entidade, por tratar-se de ameaça à liberdade de imprensa, a qual defendemos de forma altiva. Também porque abre um perigoso precedente que ameaça todos os veículos, inclusive comerciais.

A Asserpe espera resposta a altura em virtude da gravidade do incidente pelas autoridades que investigam o caso.

A Asserpe defende de forma intransigente a liberdade de imprensa conquistada pelos veículos de comunicação e condena todo ataque à esse direito fundamental.

Por fim, se solidariza com o radialista Júnior Albuquerque e à Rádio Comunidade, esperando que fatos como esses não se repitam.

Leia a nota do Sinjope 

O Sinjope condena mais um ato de violência contra profissionais de comunicação cometido por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Na terça-feira (06), na véspera do Dia do Jornalista, homens invadiram o estúdio da Rádio Comunidade, em Santa Cruz do Capibaribe, e ameaçaram o radialista Júnior Albuquerque.

A invasão ocorreu depois que o radialista cobrou maior atuação do Governo Federal no combate à pandemia do novo coronavírus. Uma cobrança que está sendo feita pela maioria da população brasileira. No entanto, estimulados pelas atitudes do próprio presidente, que promove ataques quase que diários contra profissionais de comunicação, seus simpatizantes tentaram intimidar o radialista.

O Sinjope recrimina de maneira inflexível qualquer ataque a liberdade de imprensa e espera que o caso seja investigado pelas autoridades policiais do Estado. A liberdade de imprensa é fundamental para manutenção da democracia. Apenas projetos de ditadores podem levantar sua voz contra uma imprensa livre e atuante.

Importante destacarmos que os ataques à imprensa no Brasil mais que dobraram em 2020, em relação ao ano anterior. Foram registrados 208 casos de violência física contra os profissionais em 2019 e 428 em 2020, o que representa um aumento de 105%, de acordo com o Relatório da Violência Contra Jornalistas e Liberdade de Imprensa em 2021, divulgado pela Fenaj. E o aumento é resultado direto de uma série de atitudes do presidente da República com o objetivo de descredenciar a imprensa para poder espalhar mentiras nas redes sociais e ganhar a adesão da população.

“Segundo este estudo, o presidente Bolsonaro é responsável por mais de 40% dessas agressões. Com isso, ele estimula e autoriza a prática de violência contra o exercício da profissão de comunicador. Não podemos permitir isto”, comentou o presidente do Sinjope, Severino Junior.

Por fim, o Sinjope deseja se solidarizar com o radialista Júnior Albuquerque e com a Rádio Comunidade.




                      Blog do França

                      Informação JC

quarta-feira, 7 de abril de 2021

Advogado cita Bíblia no STF: "não sabem o que fazem"; Fux rebate

 O patrono mandou um recado para os ministros que votarão pelo fechamento das igrejas durante a pandemia: "Então ele ergueu seus olhos para o céu e disse: 'Pai, perdoa-lhes, pois eles não sabem o que fazem".

Nesta quarta-feira, 7, o plenário do STF começou a debater a possibilidade da realização de cultos, missas e outras atividades religiosas coletivas presenciais em meio a pandemia.

No momento das sustentações orais, o advogado Luiz Gustavo Pereira da Cunha, representando o PTB - Partido Trabalhista Brasileiro, foi contra o fechamento dos templos religiosos por decretos editados para combater a pandemia.

Ao finalizar sua sustentação oral, o advogado mandou um recado para os ministros "que hoje votarão pelo fechamento da casa do Senhor". O patrono citou versículo da Bíblia (Lucas 23:34): "Então ele ergueu seus olhos para o céu e disse: 'Pai, perdoa-lhes, pois eles não sabem o que fazem'".

Posteriormente, o presidente do STF, ministro Luiz Fux, repugnou a fala do advogado. Segundo Fux, esse trecho da Bíblia revela uma misericórdia divina destinada aos que se omitem diante dos males. "E o Supremo Tribunal Federal, ao revés, não se omitiu, mas foi pronto e célere em uma demanda que se iniciou há poucos dias atrás".

Fux salientou que a missão do STF é lutar pela vida e pela esperança: "Estamos vigilantes na defesa da comunidade".

PREFEITA CÁTIA DOA CESTAS BÁSICAS DO SEU PRÓPRIO SALÁRIO

 Prefeitura de Jataúba, Secretaria Municipal de Assistência Social juntos em defesa da vida.

Frente a emergência em saúde pública de importância nacional. A Prefeita Cátia Ribeiro, com o objetivo de garantir melhores condições de vida para as famílias jataubenses que tiveram sua renda prejudicada pela pandemia do Novo Coronavírus, está doando mensalmente cestas básicas do seu próprio salário.

As famílias beneficiadas são cadastradas pelas equipes do CRAS e CREAS, sendo acompanhadas de perto para que os danos causados pela pandemia sejam minimizados.

Desse modo a Prefeita Cátia Ribeiro não medi esforços para que tanto as famílias da zona urbana e da zona rural tenham o apoio necessário para superar esse período de crise mundial. 

Prefeitura de Jataúba, Secretaria Municipal de Assistência Social juntos em defesa da vida. Veja vídeo abaixo.





Prefeitura de Santa Cruz confirma 33 novos casos da covid-19 em novo boletim diário

Embora não tenha sido confirmado nenhum óbito, 5 internações hospitalares foram realizadas nas últimas 24 horas.

A Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe divulgou nesta quarta-feira (7) mais um boletim de casos da covid-19 no município, foram confirmados 33 novos casos, totalizando 5.176 até o momento. Do total, 4.822 cidadãos estão recuperados da doença.

Embora não tenha sido confirmado nenhum óbito, 5 internações hospitalares foram realizadas nas últimas 24 horas.

Com o recente aumento de casos e internamentos, reforçamos a importância de continuar com o uso de máscara, higienização com álcool em gel e o distanciamento social.




                                 Blog do França

Taxa de condomínio do Moda Center referente ao mês de março terá abatimento de quase 7%

 



Já estão disponíveis os valores da taxa de condomínio no Moda Center Santa Cruz, com vencimento no próximo dia 15 de abril.

Devido à não-realização das duas últimas feiras do mês de março, por determinação do Decreto Estadual n° 50.433, foi aplicado ao valor do condomínio o ‘Abatimento Provisório Covid-19’ de quase 7%, de forma proporcional a todos os patrimônios, além do habitual desconto de pontualidade.

A administração ressalta que, nesse período de quarentena em Pernambuco, houve apenas redução de despesas de consumo, como energia, água e material de limpeza, durante quatro dias (22-23 e 28-29 de março). Diferentemente do que ocorreu em 2020, este ano também não houve nenhum benefício emergencial do Governo Federal que possibilitasse às empresas uma redução de custos trabalhistas.

Está mantido o desconto de pontualidade para os pagamentos realizados até 15/04/2021. Não haverá prorrogação da data de vencimento.

Boletos

Para baixar o boleto, acesse: http://www.blogdomodacenter.com.br/p/impressao-de-boletos.html

Informe o Código de Patrimônio e o CPF, escolha a opção BOLETOS e depois clique em Imprimir.

O condômino também pode solicitar que o boleto seja enviado por e-mail ou WhatsApp.

Canais de atendimento

Nessa mesma página, o condômino também tem acesso às últimas Prestações de Contas do condomínio, bastando clicar no item PRESTAÇÃO DE CONTAS e em seguida escolher o mês desejado para visualizar ou imprimir.

     

                                Blog do França

PREFEITURA E SECRETARIA DE SAÚDE ENTREGA NOVO ANEXO COVID-19 E VACINA IDOSOS.

 Além da entrega do Anexo Covid-19, o Secretário de Saúde Adalmyr Holanda  acompanhou a vacinação dos idosos da faixa etária de 66 a 67 anos.

Nessa Terça-Feira, dia 6 de Abril de 2021, a Prefeitura de Jataúba, através da Secretaria Municipal de Saúde entregou as mais novas instalações do Anexo Covid para a população Jataubense. O novo espaço é totalmente equipado e preparado para atender os pacientes da melhor maneira possível, obedecendo todos os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde. A Sala de Estabilização possui respiradores, bombas de infusão, eletrocardiograma e toda a estrutura necessária para salvar vidas. O anexo também possui duas enfermarias, uma masculina e uma feminina, espaço de paramentação, banheiros acessíveis, copa e sala de repouso para a equipe médica, que é composta por médico plantonista, enfermeiros, técnicos e fisioterapeuta respiratório.

Na ocasião estiveram presentes a Prefeita Drª Cátia, o Secretário de Saúde Adalmyr Holanda, Carla Paiva, diretora do Hospital Municipal, Fabiana Lyra, diretora de Vigilância em Saúde, o Presidente da Câmara, Chico de Irineu, seu vice Furibinha e o ex-vereador Zuza. Drª Cátia manifestou sua alegria em poder entregar uma obra tão importante para o momento em que vivemos, e reafirmou seu compromisso de buscar todos os meios possíveis para combater a covid 19. O secretário Adalmyr Holanda pediu a população que siga as normas sanitárias: uso de máscara, álcool a 70% e distanciamento social para evitar novas infecções, pois a prevenção é o melhor remédio.

O secretário de saúde ainda destacou que tudo isso foi feito com recursos do próprio município, pois Jataúba não recebeu nenhuma verba com essa finalidade em 2021. Todo esse esforço tem se somado a disponibilidade de testes, barreiras sanitárias e constante monitoramento dos casos existentes, além da campanha de vacinação, que avança conforme o município recebe mais doses.

Além da entrega do Anexo Covid-19, o Secretário de Saúde Adalmyr Holanda  acompanhou a vacinação dos idosos da faixa etária de 66 a 67 anos.

Novamente as vacinas foram realizadas nas quadras das Escolas José Higino e Antônio Vieira, mais uma vez com o apoio da Prefeitura Municipal de Jataúba tendo a prefeita Dra. Cátia Rodrigues.


















ASCOM Sec. de Saúde - Jataúba/PE

Dia Mundial da Saúde: deputada Alessandra Vieira faz balanço de suas leis focadas na saúde

 “O trabalho do meu mandato é inteiramente focado na melhoria de serviços, como a garantia de acesso à saúde básica, a inclusão de pessoas com deficiência e o olhar para mulheres e crianças em situação difícil”

Há um ano, com o contágio acelerado do coronavírus, condomínios residenciais, estabelecimentos comerciais, de serviços e públicos passaram a adotar protocolos de convivência e higienização para evitar o contágio da Covid-19. Em Pernambuco, é obrigatória a disponibilização de álcool gel sanitizante, em local visível e de fácil acesso nas áreas sociais como elevadores e portas de área comum. A determinação é apoiada na Lei Estadual nº 16.919 da deputada Alessandra Vieira (PSDB), que neste dia 07 de abril, Dia Mundial da Saúde, destaca alguns projetos voltados à saúde pública de sua autoria.

“O trabalho do meu mandato é inteiramente focado na melhoria de serviços, como a garantia de acesso à saúde básica, a inclusão de pessoas com deficiência e o olhar para mulheres e crianças em situação difícil”, defende a parlamentar tucana.

Na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), tramitam os projetos de lei que propõem celeridade na vacinação contra a Covid-19 para as pessoas com deficiência maiores de 18 anos, inclui doentes renais crônicos na Política Estadual da Pessoa com Deficiência e determina que veículos de todos os órgãos estaduais, com exceção de carros essenciais como ambulância e polícias, ajudem na logística da vacinação de pessoas que têm dificuldade de locomoção ou mobilidade reduzida.

Alessandra também indica, no PL Nº 1390, a Política de Atenção à Oncologia Pediátrica de Pernambuco, com o intuito de buscar o aumento dos índices de cura e a melhoria da qualidade de vida desses pacientes com câncer.

LEIS APROVADAS- Já estão em vigor as matérias que estabelecem material informativo no site da Secretaria de Saúde do Estado de Pernambuco sobre o Alzheimer,  desobriga que crianças com autismo e deficiência usem máscara em razão das restrições sensoriais deste público, entre outras.

No site alepe.pe.gov.br é possível acessar os detalhes dos textos propostos por Alessandra.


                    Blog do França
              Fonte e foto Assessoria

Após invadir estúdio de rádio, homem responderá por ameaça a radialista que criticou Bolsonaro

  De    acordo com o delegado Ênio Maia, responsável pelo caso, o suspeito deverá assinar termo de compromisso para se apresentar no Judiciá...